Views: 192

Written by:

Acordo histórico vai beneficiar alunos do ensino técnico do Estado de São Paulo

A assinatura de um convênio histórico entre o Governo do Estado de São Paulo e a startup ClassApp vai beneficiar cerca de 10 mil alunos do Centro Estadual de Educação Tecnológica Paula Souza.

A partir de setembro, estudantes e familiares de nove Etecs (Escolas Técnicas do Estado) do interior de São Paulo passarão a usar o aplicativo ClassApp para se comunicar com a instituição. A ferramenta traz a praticidade da comunicação móvel para promover uma maior participação dos pais na vida acadêmica dos seus filhos, além de permitir o compartilhamento de conteúdo entre alunos e professores. (Leia mais sobre o app abaixo).

A parceira entre a jovem empresa de Limeira (SP) e o Governo de São Paulo foi firmada na última quinta-feira, dia 18, pela diretora-superintendente do Centro Paula Souza, Laura Laganá. O convênio surgiu depois que a ClassApp foi escolhida como uma das vencedoras do Programa Pitch Gov – concurso promovido pelo Governo em parceria com a Associação Brasileira de Startups (ABStartups) que selecionou propostas inovadoras para resolver desafios da administração pública. Na ocasião, o Centro Paula Souza elencou a comunicação escolar como um dos seus desafios- dificuldade que pode ser solucionada pelo ClassApp.

Essa é uma das primeiras parcerias público-privadas na área de educação, envolvendo startups. Além do benefício direto aos alunos e familiares, a iniciativa traz vantagens tanto para o Estado, como para as jovens empresas. Enquanto o poder público garante a proximidade com tecnologias modernas e inovadoras de forma mais ágil, o acordo estimula o empreendedorismo e o desenvolvimento das startups na validação das suas ideias e na alavancagem das suas operações.

“A grande importância desse tipo de acordo é que ele possibilita que a inovação das startups impacte e transforme a vida de milhões de pessoas de forma muito mais rápida”, pontuou Guilherme Junqueira, vice-presidente da ABStartups.

 

Relacionamento Escola-família

“Sem o apoio dos pais é difícil fazer uma educação de qualidade”.

A opinião da diretora-superintendente do Centro Paula Souza, Laura Laganá, que já é consenso entre os educadores, foi a grande motivação para a consolidação do convênio com a ClassApp. “Precisamos do envolvimento da comunidade e das famílias na escola. Além disso, queremos estar mais próximos das pessoas que servimos e atendemos para poder ouvi-los e, assim, melhorar nosso desempenho e nossa atuação. Por isso, esse projeto é fundamental”, afirmou Laura.

Além de possibilitar um maior engajamento dos estudantes e das famílias, a ferramenta também será usada para divulgar oportunidades de emprego para os alunos que estão concluindo os estudos. Para o cofundador e CEO da ClassApp, Vahid Sherafat, o convênio é uma oportunidade de levar para a esfera pública, o aplicativo que já é usado por centenas de escolas particulares do Brasil. “É muito empolgante ver que a partir da nossa solução, estaremos a serviço de milhares de famílias”, disse.

 

Veja como essa parceria está afetando as ETECs na prática

 

Sobre o ClassApp

Sherafat explica que o ClassApp cria uma rede de comunicação privada, exclusiva e totalmente gerenciável para as escolas. O funcionamento é simples e intuitivo, similar ao “WhatsApp”, mas totalmente adaptado para atender as demandas de uma instituição de ensino. A ferramenta é multicanal e possuí um sistema inteligente, capaz de medir a visibilidade da comunicação (ou seja, saber quem leu cada mensagem).

Através do aplicativo, as escolas podem compartilhar, em tempo real, tanto comunicados gerais (como eventos e reuniões), como mensagens específicas de cada aluno ou turma e enviá-las diretamente aos pais, estudantes, professores ou equipe. Da mesma forma, as famílias também podem interagir com qualquer departamento da escola através da ferramenta. “Potencialmente, o aplicativo permite abolir o envio de bilhetes de papel, o que representa economia relevante de tempo e de recursos naturais”, explica.

Para garantir que a mensagem chegue ao destinatário, o sistema usado pelo app é capaz de identificar o recebimento e a leitura das mensagens de forma instantânea e tomar decisões automáticas, roteando os comunicados por email ou sms, caso o aluno ou a família que não tenha o aplicativo instalado. A ferramenta ainda permite o envio de fotos, documentos em PDF, enquetes interativas e relatórios detalhados para reportar detalhes da rotina escolar de cada aluno. Outra novidade trazida pelo ClassApp é adoção da assinatura digital (com amparo em Lei) para validar circulares ou autorizações.

 

As escolas que vão usar o ClassApp

A Etec Prefeito Alberto Feres, de Araras; Etec Trajano Camargo, de Limeira; Etec Euro Albino de Souza, de Mogi Guaçu; Etec Pedro Ferreira Alves, de Mogi Mirim; Etec de Nova Odessa; Etec Cel. Fernando Febeliano da Costa e Etec Dep. Ary de Camargo Pedroso, de Piracicaba; Etec Prof. Armando Bayeux da Silva, de Rio Claro e Etec Prof. Dr. José Dagnoni, de Santa Bárbara D’Oeste.

Além da ClassApp, outra startup a firmar parceria com o Governo no setor da educação foi a DEV Tecnologia. A empresa paulistana implantará um sistema informatizado de gestão do consumo de energia na Etec Santa Ifigênia, na Capital. Serão aplicados dispositivos de automação, como sensores de presença, temporizadores e iluminação LED em sala de aula, corredor e banheiro.

 

Como superar os desafios da comunicação escolar

Dada a importância da presença de mães, pais e responsáveis no dia a dia escolar, sempre foram necessários meios eficazes de diálogo. Por anos a agenda escolar cumpriu com esse papel, mas atualmente ela possui barreiras que dificultam esses processos. Saiba como o ClassApp te ajuda a superar esses desafios da comunicação e a fidelizar pais e alunos. 

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *