01 de outubro das 14h às 16h40

O link do evento será enviado por e-mail a todos os inscritos

Evento 100% online e gratuito com conteúdo voltado aos principais desafios da sua escola

O Evento Escolas Exponenciais Express discutirá, em sua 10ª Edição, o Futuro da educação e as heranças da pandemia para o ensino básico privado. Além disso, contará também com uma troca de práticas e aprendizados de 2020 para serem aplicados no próximo ano.

icon-25

100%

gratuito

icon-26

100%

online

icon-27

2h40

de conteúdo

icon-28

3

temas voltados aos desafios reais das escolas brasileiras

Mantenedora

Fundada em 2014, a ClassApp é uma startup brasileira que atende mais de 600 instituições de ensino em todo o Brasil, engajando mais de 420 mil pais e alunos na rotina escolar, premiada em 2019 como umas das empresas mais inovadoras do país pelo 100 Startups to Watch e umas das melhores empresas para se trabalhar pelo Great Place to Work. Atualmente está promovendo diversas iniciativas de apoio as escolas durante o período de suspensão das aula presenciais, clique em “saiba mais” para conhecer mais sobre nosso trabalho e como podemos ajudar a sua escola.

Patrocinador especial

taba-logo

A Taba é uma empresa de curadoria de livros infantis e tem como missão criar momentos de conexão e afeto entre e adultos e crianças por meio de boas leituras, que abrem espaço para boas conversas (com os livros, consigo mesmo, com os outros), fazem pensar, emocionam, fazem rir, viajar, transcender, formam leitores, despertam o senso crítico, possibilitando que, adultos e crianças possam contar suas histórias e assim quem sabe reinventar o mundo.

Organização

Programação

14-1510

Futuro da Educação: Tendências e estratégias para as escolas em 2021

Sabemos que 2020 foi um ano de muitas mudanças e que a visão que tínhamos de futuro mudou drasticamente, principalmente para as escolas. Mas, como ficará o cenário pós pandemia, o que podemos esperar para o ano escolar em 2021? Será que algumas das práticas aplicadas pelas escolas durante as aulas remotas poderão ser mantidas ou aperfeiçoadas? Nesse quadro, convidamos a professora e pesquisadora de comportamento, Eliane El Badouy, para trazer um olhar estratégico sobre as tendências e perspectivas para o ensino em 2021.

Convidada

Eliane El Badouy Cecchettini, Badu como é conhecida no mercado, é publicitária, pós-graduada em Marketing pela ESPM, pós-graduada em Economia Comportamental pela ESPM, vencedora de 2 categorias do prêmio de Mídia Estadão – Pesquisa de Mídia e Gran Prix, premiada com Profissionais do Ano Rede Globo, co-autora de 2 livros “Inovação em Sala de Aula” e “Métodos de Ensino para Nativos Digitais”, frutos de seus estudos sobre comportamento e consumo de mídia dos nativos digitais. Também é colunista da Revista Eletrônica BREAK do Grupo EPTV  – afiliada Rede Globo – , e da coluna Ponto de Contato da Inova Business School. É coordenadora de Futuro e Tendências na Educação do IBFE – Instituto Brasileiro de Formação de Educadores, professora e coordenadora da Pós-Graduação de Economia Criativa e professora na Pós-Graduação de Neuromarketing da Inova Business School. Seus mais de 30 anos de carreira foram construídos em grandes grupos de comunicação como Editora Abril, Folha de S.Paulo e Sony Enterteniment Television e agências de propaganda. Em sua trajetória profissional atendeu contas como Mc Donald’s, Unilever, Johnson & Johnson, FIAT, Bradesco, L’oréal, Tetra Pak, 3M, CPFL, Souza Cruz, Internacional Paper, entre outras.  É Head de Media Intelligence & Consumer Insights da Targget House, Conselheira Trends Innovation, Associate Partner da Inova Consulting para Futuro, Tendências & Consumer Insights, além de pesquisadora do comportamento, mecanismos de atenção e do consumo de mídia contemporâneos.

ex-express-9ed-05

Painel: Desafios e aprendizados da pandemia no processo da alfabetização: Como será em 2021?

No cenário de pandemia que vivemos esse ano, professores e famílias precisaram descobrir novas formas de se relacionar com as crianças, buscando atingir os objetivos de aprendizagem esperados para as séries. Neste contexto, como iniciar e dar continuidade à alfabetização das crianças que tiveram seu processo de aquisição da leitura e da escrita afetado pelo contexto imposto pela pandemia? Como pensar em novas práticas de letramento, diante da possibilidade de um ensino híbrido no próximo ano? De que maneira a leitura de textos literários na sala de casa e na sala de aula pode contribuir para este processo?

Convidadas

Beatriz Gouveia é Diretora da Educação Infantil do Colégio Santa Cruz em São Paulo. Mestre em Psicologia da Educação pela PUC/SP. Coordenadora de projetos do Instituto Avisa Lá. Assessora de redes municipais e particulares de educação. Participou da elaboração do material videográfico e impresso do PROFA – Programa de Formação de Professores Alfabetizadores do MEC e foi responsável pela coordenação pedagógica dos materiais de formação de coordenadores: Coordenador Pedagógico: função, rotina e prática e de equipes técnicas municipais: Gestão Pedagógica da rede de ensino, ambos, distribuídos pelo MEC.

Luana Corrêa Marra é Coordenadora do infantil na Escola Santi em São Paulo. Formada em Pedagogia, pela Universidade Mackenzie, com especialização em Educação Infantil e anos iniciais do Ensino Fundamental 1. Há 16 anos atua na educação. Começou a sua trajetória profissional na Santi. Atuou como estagiária, professora de Educação Infantil e Fundamental 1, assistente de coordenação e desde 2015, atua na equipe de coordenação da Santi. Envolvida com frequência em formações e cursos relacionados à educação, especialmente os relacionados à convivência ética na escola, à primeiríssima infância e à inclusão, assuntos fortemente relacionados à sua prática cotidiana dentro da escola.

Denise Guilherme é mestre em Educação pela PUC-SP, atua também como formadora de professores e consultora na área de projetos de leitura para Fundação Victor Civita e Instituto Natura. Desde cedo, apaixonada por palavras ditas e escritas. Descobriu nos livros um caminho para entender a si mesma e aos outros e ficou tão encantada com o que viu que decidiu compartilhar com o mundo. A Taba é uma empresa de curadoria de livros infantis.

ex-express-9ed-06

Qual legado e aprendizados que a pandemia deixou para as escolas planejarem 2021?

Neste quadro, convidamos dois diretores de escolas para compartilharem o que vão levar dos aprendizados de 2020 para a escola de 2021. Relacionamentos, novas formas de aprendizagem, de processos internos e novos protocolos: quais as boas práticas deste período devem ser adotadas pelo bem do futuro da escola?

Convidados

Cássio Mori é Diretor do Colégio Anglo de Araras – SP. Apaixonado por Gestão, Marketing e Educação. Sócio-diretor da EMME, a maior agência educacional do país. Empreendedor, líder e engenheiro formado pela USP. Com 25 anos de experiência, é professor e palestrante. Foi executivo de marketing do Sistema Anglo de Ensino e trabalhou em parceria com a Abril Educação e com a Somos Educação.

Sobre o Colégio Liceu Anglo de Araras: O Anglo Araras é uma escola que une a tradição do ensino forte e aprovações nos vestibulares com a inovação educacional e tecnológica, levando a seus alunos o que há de melhor.

Ericka Correa Vitta é Diretora do Núcleo de Educação Integrada da Fundação Romi de Santa Bárbara d’Oeste – SP. Professora universitária com graduação em Pedagogia, Especialização em “Aprendizagem Cooperativa e Tecnologia Educacional” pela Universidade Católica de Brasília, Pós Graduação Strictu Senso “Mestrado” em Educação na linha de pesquisa ” Educação e Tecnologia” pela Universidade Estadual de Campinas-UNICAMP (2004), Mestrado em Educação Sócio Comunitária na linha de pesquisa “Psicologia e Aprendizagem “pelo Centro Universitário Salesiano de São Paulo-UNISAL (1998). Foco de estudo e pesquisa em Tecnologias Digitais e Metodologias Ativas  na  Educação Básica e Universitária em Instituições Públicas e Privadas.

Sobre o Núcleo de Educação Integrada da Fundação Romi:
A Fundação Romi, mantenedora do Núcleo de Educação Integrada, iniciou seu legado em 1957, em Santa Bárbara d’Oeste, pelo casal Américo Emílio Romi e Olímpia Gelli Romi. Tem como missão promover o desenvolvimento social e humano através da educação e cultura.

Para ter acesso a conferência e posteriormente, receber por email os materiais nela apresentados, faça sua inscrição aqui

 O link da conferência será enviado por e-mail para todos os inscritos.

Fique sabendo dos próximos eventos!

As inscrições desta edição já se encerraram, mas você pode se inscrever na nossa newsletter para não perder mais nenhuma novidade: