falta de envolvimento dos pais na escola compromete desempenho dos alunos

Views: 196

Written by:

Para pesquisadora norte-americana, falta de envolvimento dos pais na escola pode comprometer diretamente o desempenho acadêmico do aluno

As taxas de conclusão dos estudos e o sucesso acadêmico dos estudantes a longo prazo estão diretamente ligados ao grau de solidez presente na parceria escola-família.

A afirmação é da psicóloga norte-americana Susan Sheridan, diretora do Centro de Pesquisa em criança, juventude, família e escola da Universidade de Nebraska-Lincoln, nos Estados Unidos, e PhD em Psicologia Educacional pela Universidade de Wisconsin-Madison. Desde 1994, Susan desenvolve ações e pesquisas com financiamento federal voltadas para o fortalecimento das relações entre pais e professores, e assim, obter formas significativas de estabelecer uma parceria entre família e escola.

Em entrevista exclusiva para o Escolas Exponenciais, Susan elenca e reafirma a importância do diálogo entre as instituições de ensino e as famílias e dá dicas valiosas sobre como as escolas podem promover o engajamento dos pais na educação.

Confira:

 

(Escolas Exponenciais) Quais são os benefícios ao se criar parcerias sólidas entre os pais e as escolas?

São inúmeras! Quando os pais e os professores trabalham juntos, há benefícios significativos aos alunos, professores, pais e escolas.

  • Alunos: vê-se uma melhora no desempenho acadêmico, no comportamento, nas habilidades sociais e na diminuição de comportamentos disruptivos, além de maiores taxas de conclusão dos estudos e sucesso acadêmico a longo prazo.
  • Professores: conseguem ter um domínio maior em sala de aula, proporcionam uma instrução mais adequada, desenvolvem um relacionamento mais sólido com os alunos e os pais, têm maior eficácia na resolução de problemas e lidam com situações difíceis com mais facilidade.
  • Pais: formam um relacionamento melhor com os professores, se comunicam melhor com os docentes e com seus filhos, aprendem a solucionar problemas e se sentem melhor na sua capacidade de ajudar os filhos a irem bem na escola.
  • Escolas: as instituições de ensino que possuem maiores índices de envolvimento dos pais são classificadas como melhores.

 

Como a escola pode se comunicar com pais e alunos de forma eficiente?

 

(Escolas Exponenciais) O que as escolas podem fazer para apoiar o envolvimento dos pais na educação de seus filhos?

Para Susan, quando os pais e os professores trabalham juntos há benefícios significativos para todos os agentes da educação

Para Susan Sheridan, quando os pais e os professores trabalham juntos há benefícios significativos para todos os agentes da educação.

Vou citar 5 pré-requisitos que as escolas podem fazer para apoiar o envolvimento dos pais na educação. Chamamos isso de “Dicas de parceria com os pais”. Apresentarei a seguir:

1. Formar relacionamento

– Procurar conhecer um ao outro! As crianças se beneficiam mais quando os seus cuidadores e professores conhecem um ao outro e trocam informações sobre “como as coisas funcionam” em casa e na escola.

– Concentrar em pontos fortes! Um dos elementos construtivos de uma relação entre pai-professor é que ambos devem estar unidos em ajudar as crianças, concentrando-se em seus pontos fortes e no fortalecimento dessa parceria.

2. Criar formas flexíveis para se tornar e continuar comprometido

– Para se criar uma parceria saudável, pais e professores podem encontrar maneiras para se engajarem um com o outro e com o aluno. Esse envolvimento é essencial para ajudar a criança se sentir importante e valorizada.

– Não existe um método exato para todas as famílias e escolas. Flexibilidade significa perguntar aos pais o que eles podem e gostariam de fazer para apoiar seu filho, criando planos em torno do que é prático e desejável, valorizando todos os esforços feitos pelos pais e professores. Promover pequenos esforços na fase inicial pode conduzir a papéis muito maiores e mais substanciais posteriormente. Ao longo do tempo, os esforços para manter conectado, não importa quão pequenos, vão ajudar a criar uma consistência profunda e significativa para a criança, tanto em casa como na escola.

3. Comunicação Bidirecional

– Compartilhem ideias! Ambos, pais e os professores, têm informações importantes para compartilhar ao se tratar de uma criança que conhecem bem.

– Certifique-se de que a comunicação é frequente e transparente e que todos têm a mesma oportunidade de falar e escutar.

 

Confira quais as vantagens do diálogo direto entre professores e pais

 

4. Criar oportunidades consistentes para a aprendizagem e comportamento

– Procure maneiras semelhantes para criar oportunidades de aprendizagem tanto na escola quanto em casa, pois tal conexão ajuda a criança a ser bem sucedida em ambos os lugares.

– Na escola e em casa, reforce os comportamentos positivos nas crianças.

5. Colaborar para atingir as metas e resolver problemas

– Tanto os pais quanto os professores têm informações importantes e ideias que podem ajudar quando um aluno está passando por um problema. As crianças demonstram progresso quando professores e pais trabalham juntos para definirem metas, criarem planos, decidirem sobre as estratégias e praticá-las na escola e em casa.

 

E na sua Instituição de Ensino? Quais medidas vocês têm adotado para aumentar a participação dos pais na vida escolar dos filhos? Compartilhe conosco!

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *