Tecnologia no Ensino Médio: o uso do ClassApp
Inovação e Gestão

Tecnologia no Ensino Médio: o uso do ClassApp

4 min de leitura

Era tamanha a quantidade de interrupções em sala de aula para o envio de informações, bilhetes, comunicados ou lembretes para os alunos do Ensino Médio do Colégio Albert Sabin, de São Paulo, que a equipe não tinha dúvidas: era preciso encontrar uma ferramenta que solucionasse o problema. E foi assim que chegaram à implementação de tecnologia no ensino médio com o ClassApp, em agosto de 2015.

Depois de avaliar concorrentes e de conhecer e testar o ClassApp, quando o ensino médio teve a tecnologia finalmente implantada, a recepção não foi tão boa por parte dos alunos. Afinal, muitos estudantes acreditavam que, com o aplicativo, a escola passaria a controlá-los – o que, para os alunos nesta idade, era motivo para repulsa.

 

Avaliando concorrentes? Saiba porque é importante não levar somente o preço em consideração nessa etapa: os perigos de adotar um aplicativo grátis

 

Porém, para afastar de vez esse receio, o Colégio resolveu realizar um trabalho junto aos adolescentes. Mostraram que, pelo ClassApp, seriam enviadas informações essenciais para as atividades diárias do Ensino Médio.

Desta forma, eles explicaram que o aplicativo seria usado, por exemplo, para os lembretes das datas do vestibular. Para informar o prazo para o envio de autorizações de saídas pedagógicas, para divulgar o cronograma da semana de provas. Até para divulgar os manuais de vestibulares. Assim como os folders de feiras de profissões e as informações sobre as Olimpíadas. Ou seja, todas as informações a respeito das atividades que eles não apenas desejam, mas precisam estar por dentro!

Para facilitar ainda mais o uso da tecnologia no ensino médio, o Colégio optou por segmentar a comunicação em grupos. Direcionando o recado para cada turma, módulo ou equipes especiais, como no caso das Olimpíadas de Matemática ou de Física.

 

Vestibular

E não há como falar em Ensino Médio sem citar a preocupação com os vestibulares. Por isso, o Colégio Albert Sabin decidiu fazer do ClassApp um aliado no auxílio aos estudantes que se preparam para os testes.

Assim, o aplicativo é usado, por exemplo, para replicar mensagens, dicas e avisos valiosos, que são conversados durante o ano com os estudantes em sala.

Desta forma, é através do aplicativo que os alunos não apenas são lembrados das datas de cada avaliação. Também recebem informações sobre como se portar durante as provas, quais materiais levar e o que fazer, por exemplo. Assim demonstrando a preocupação que o Colégio tem em incentivar seus alunos durante esse momento decisivo.

 

Impacto

Depois de três anos de uso, o  impacto do ClassApp entre equipe, alunos e famílias tem sido grande e extremamente positivo. Graças à agilidade e eficiência que trouxe à comunicação, os estudantes começaram a ver o aplicativo “com outros olhos”, afastando qualquer receio de serem monitorados.

 

Também quer trazer impacto na comunicação da sua escola? Aprenda, então, como torná-la mais eficiente e sem ruídos.

 

E a avaliação do uso da tecnologia entre os alunos do Ensino Médio foi tão positiva que, depois do primeiro 1 ano e meio, ele foi inserido também na Educação Infantil e no Ensino Fundamental 1.

Foi nesse momento que o Colégio percebeu que havia amadurecido suficiente no uso da ferramenta para que pudessem abrir mais canais de atendimento, ligando pais e alunos às equipes de coordenação.

O próximo passo será implantar o aplicativo também no Ensino Fundamental 2 – quando o ClassApp passará a atender todos os 2.600 alunos que o Colégio possui atualmente.

Com abertura de novos canais de comunicação e atendimento no aplicativo, o Colégio Albert Sabin está alinhando gradativamente as demandas da equipe pedagógica e de marketing e tornando todo o fluxo de comunicação mais centralizado, eficiente e organizado. Assim, a conexão entre a escola, alunos e famílias fica cada vez mais forte e próxima.

 

Outro case de sucesso

A diretora do Colégio Stagium, Caroline da Costa Pereira, participou de um dos nossos webinares e nos contou um pouco mais como ela gerencia a comunicação da escola. Assista agora mesmo para aprender como adaptar as demandas diárias para a comunicação:

 

Pedimos desculpas pelos problemas de filmagem. Isso ocorreu por conta de alguns problemas técnicos durante a transmissão ao vivo.

 

Sua escola também é um case de sucesso? Compartilhe conosco nos comentários!

Comentários