Views: 1545

Written by:

Pais insatisfeitos com a escola: saiba como evitar6 min de leitura

Insatisfação de pais de alunos com o colégio está entre os desafios enfrentados por muitas escolas, hoje em dia. Embora os estudantes sejam o principal foco, os pais representam uma figura primordial para a manutenção e sucesso das instituições. Pois é também por meio deles que todo o bom trabalho desenvolvido é reconhecido e perpetuado.

Pequenos ruídos, negligências ou falhas na comunicação podem gerar situações que venham a causar o descontentamento. Tanto do lado dos educadores, como das famílias e, como consequência, comprometer o rendimento dos alunos.

A pedagoga Rafaella Giraldi, da MacPoli recomenda algumas iniciativas. “É necessário que haja sinergia e confiança entre todos os atores da educação: pais, filhos e professores. As atividades propostas em sala de aula devem ser apoiadas em casa, para que o aluno tenha melhor desempenho”, aponta.

Nosso post de hoje traz dicas de como você pode evitar que situações de insatisfação com o seu colégio aconteçam!

 

Como o descontentamento dos pais com a escola compromete o processo pedagógico

A pedagoga Karen Flor, mantenedora do Colégio Sol Nascente, Santo André (SP), retoma o assunto. Ela diz que quando os pais não estão de acordo com o conteúdo pedagógico oferecido, quem sofre é a criança.

“Os pais precisam confiar na escola em que os filhos estão matriculados. E que a escola também se questione: o que foi prometido na grade curricular está sendo cumprido? Tenho um bom relacionamento com meus alunos e sua família?”, afirma.

Caso contrário, diz, o resultado é um aprendizado comprometido e um processo gerencial e educacional sobrecarregado. Em casos mais agudos, o descontentamento dos pais pode até culminar com a saída do estudante da instituição.

Do ponto de vista da escola, os prejuízos são inúmeros e com desdobramentos altamente nocivos. Perde-se a oportunidade de transmissão de sua proposta de ensino. Perde-se em credibilidade e propaganda institucional. Além do risco de “contaminação” de outros pais e possíveis alunos e a desmotivação do estudante.

 

Veja como manter os pais continuamente encantados com a sua proposta pedagógica

 

Como evitar a insatisfação dos pais

A escola deve buscar meios para evitar que pais fiquem insatisfeitos e maneiras viáveis para resolver essas insatisfações. Veja a seguir algumas medidas úteis:

 

1- Seja transparente com os pais

A Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional e o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) garantem aos pais ou responsáveis o direito à informação sobre o processo pedagógico, bem como participar da definição das propostas educacionais.

Por isso, todas as alterações devem ser minuciosamente compartilhadas. Dentre as quais incluem notas, eventos, dados de evolução do aluno, além das propostas implementadas . É imprescindível investir no contato próximo às famílias, mantendo-as cientes do cotidiano escolar.

 

2- Certifique-se de que as técnicas de comunicação sejam eficientes

“Sabemos que muitos pais não participam de maneira ativa na vida escolar dos filhos. O que dificulta essa conversa”, observa Karen.

Uma dica valiosa é pensar em canais de comunicação mais contemporâneos e alinhados com as novas tecnologias. O uso de e-mails, sites e de aplicativos voltados para a comunicação escolar podem ser boas alternativas.

Cabe à escola avaliar qual dessas opções pode ter maior alcance e eficiência. Como gestor, você deve se lembrar que o ideal é ter uma estratégia de comunicação. A intenção é, ao longo de todo o ano letivo, levar informações e notícias relevantes às famílias.

Essa comunicação constante que transmite confiança dos pais na escola, uma vez que há mais clareza e transparência na relação.

 

Faça o teste e saiba se a comunicação da sua escola é eficiente

 

3- Escute a opinião dos pais

Outra forma de melhorar a relação entre os pais e a instituição é oferecer abertura para feedbacks das famílias. Quando houver posicionamentos ou opiniões divergentes, por exemplo, a escola deve estar disposta a ouvir o que pensam os pais.

“Primeiro é necessário saber por qual motivo o pai está descontente com o filho na escola. Se os pais não estiverem de acordo com o método de ensino, tudo fica mais difícil”, alerta Rafaella Giraldi, da MacPoli.

A pedagoga Rafaella Giraldi defende o diálogo como solução para o descontentamento dos pais com a escola

A pedagoga Rafaella Giraldi defende o diálogo como solução para o descontentamento dos pais com a escola

Neste quesito, também é importante observar se a escola dispõe de canais de atendimento claros. Para que seja possível que as famílias deem ‘feedbacks’.

Por não terem total clareza sobre os meios de interação, muitos pais se sentem desestimulados a dialogar com a escola.

Outro item valioso, é encontrar formas de medir o alcance da sua comunicação. Além disso, avaliar se as famílias estão se sentindo realmente assistidas pela escola.

 

4- Faça com que os pais de alunos participem mais da escola

Além de investir em uma comunicação que fortifique a relação entre as partes, a escola deve ressaltar a importância da presença dos pais no ambiente acadêmico.

No entanto, esperar que o diálogo com os pais aconteça somente durante as reuniões pode fazer com que muitos deles se sintam excluídos do processo, pois nem sempre eles conseguem estar presentes fisicamente.

Por isso, uma maneira muito eficiente de aproximá-los do ambiente escolar é criar outros sistemas. Usar ferramentas interativas, por exemplo, são formas de atualizar os registros e acontecimentos em sala de aula.

“Precisamos trabalhar em parceria. Conversar com a ‘outra parte’ alinha os pontos e ajuda a garantir um aprendizado de sucesso para as crianças”, pontua a pedagoga Karen Flor, do Colégio Sol Nascente.

 

Saiba como mudar a agenda por aplicativo de comunicação escolar aumenta sua eficiência

 

5- Responsabilize-se

Você deve estar preparado para reconhecer eventuais erros que possam ocorrer no processo educacional, pois sabemos que todo ofício é digno de falhas. Você deve saber avaliar e responsabilizar-se por essas falhas e, acima de tudo, propor soluções que sejam viáveis e frutíferas.

Essas condutas ajudam a manter ainda mais a confiança dos pais de alunos, pois eles saberão que não estarão à deriva quando houver quaisquer adversidades na relação pai-escola. E você? O que considera útil para minimizar as insatisfações dos pais pela instituição? Deixe aqui seu comentário!

Comentários

9 Responses to :
Pais insatisfeitos com a escola: saiba como evitar6 min de leitura

    1. Blogclassappbr disse:

      Que bom que gostou, Arnaldo!!

      Aproveite para dar uma olhadinha em nossos novos posts!

      Estamos com uma série de reportagens sobre Geração Y.

      Espero que goste! 🙌🏻 😊

    2. Blogclassappbr disse:

      Que bom que esse conteúdo foi útil para você. Essa é a nossa missão. Um abraço e siga nos acompanhando

    1. Blogclassappbr disse:

      Você gostou, Valéria?

      Caso interesse, estamos com uma série de reportagens, que comecei na última quarta-feira (13), sobre a Geração Y.

      Dá uma olhada! Espero que goste!! 😊

    2. Blogclassappbr disse:

      Que bom que esse conteúdo foi útil para você. Essa é a nossa missão. Um abraço e siga nos acompanhando

  1. Se a gente nao inspirar os jovens para viverem momentos unicos, com projetos reais, nada vai mudar em nosso pais.

    1. Blogclassappbr disse:

      Olá!! Tem razão!!

      São ações dessa natureza que podem influenciar positivamente!!

      Você falou em jovens, e estamos com uma série que aborda sobre a Geração Y.

      Se quiser, dê uma olhadinha!

      Espero que goste! 🙌🏻 😊

    2. Blogclassappbr disse:

      Você tem razão. Também pensamos que agir é o caminho para dar início a qualquer tipo de transformação. Um abraço e siga nos acompanhando

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *