tecnologia para aproximar os pais da escola

Views: 549

Written by:

Como usar a Tecnologia para aproximar os pais da escola?5 min de leitura

A agenda escolar marcou toda uma geração de estudantes nos anos 1970, 1980, 1990, para quem smartphone era coisa de ficção científica. Além da anotação das tarefas, datas de prova e comunicados dos mais diversos, toda a interação entre escola e família era feita por ali. No século XXI, a agenda de papel está saindo lista de material das escolas para ocupar lugar no baú de memórias dos pais dos atuais adolescentes. Isso graças à tecnologia que mudou a forma como nos comunicamos, inclusive para dentro dos muros das escolas.

 

Saiba como a tecnologia pode alavancar sua escola

 

Se vivemos na era digital, é importante lembrar que não são apenas os alunos que estão conectados; pais e responsáveis também se comunicam através das novas ferramentas. Nesta nova realidade, a troca de mensagens de forma mais alinhada com esse cenário pode contribuir não apenas para maior rapidez e assertividade mas, sobretudo, fazer diferença no engajamento entre escola e família. E é justamente neste ponto que entram os aplicativos especializados em comunicação escolar.

Mas será que a tecnologia, sempre vista como uma ameaça à qualidade dos relacionamentos, pode mesmo ter efeito positivo no diálogo escola-família? Confira no último artigo da Série Tecnologia na Educação.

 

Além da troca de mensagens

Os aplicativos de comunicação escolar chegaram ao Brasil em 2014. Desde então, eles vêm sendo aperfeiçoados e hoje já permitem mais que uma simples troca de mensagens entre professores e pais. Com envio de fotos em tempo real, enquetes e autorizações digitais, os aplicativos de comunicação escolar, como o ClassApp, por exemplo, estão conseguindo aproximar escola e família.

“É impossível pensar em uma estratégia moderna de educação que ignore a parceria com a família e fica cada vez mais claro que ferramentas de comunicação especializadas para a área educacional podem dar à instituição de ensino os requisitos de gestão, privacidade e segurança inerentes à área de educação, ao mesmo tempo em que garante aos pais e alunos uma experiência de utilização fácil, simples e prática”, afirma Vahid Sherafat, CEO e cofundador da ClassApp – a startup de tecnologia educacional que mais cresce no Brasil.

Vahid Sherafat lembra que, para a maioria das instituições de ensino, o desafio de comunicar é antigo e bem compreendido pelos educadores, mas até pouco tempo atrás, a única alternativa que as escolas tinham era usar plataformas de comunicação que foram criadas e desenvolvidas para outros propósitos.

“Hoje, fica claro que o mercado educacional precisa de soluções de comunicação apropriadas à sua realidade”, observa.

 

Confira os perigos de adotar um aplicativo grátis na sua escola

 

Controle e gestão

São inúmeros os aplicativos de mensagens instantâneas disponíveis no mercado, mas nenhum deles oferece a seriedade e confiabilidade que a relação entre escola e família demanda. Assim, os aplicativos de comunicação escolar são os mais adequados para este fim porque possibilitam toda essa interação de forma gerenciável e segura.

Os benefícios do uso desta tecnologia para as instituições de ensino são inúmeros e vão desde a redução dos custos com ligações, papéis e fotocópias até a fidelização dos pais – ao passo que oferece a eles a comodidade de resolver inúmeras situações burocráticas na tela de seu celular e a possibilidade única de acompanhar online a rotina de seus filhos na escola. Através dos canais de comunicação, eles podem dar feedback, contribuir com críticas construtivas e dar sugestões de melhorias para a escola- medidas que facilitam e democratizam a gestão.

 

Promovendo Engajamento

E se engana quem pensa que a comunicação por meio dos aplicativos escolares “esfria o relacionamento”. Pelo contrário, ao facilitar o acesso às famílias, o resultado é  maior engajamento e participação. “Quando a ClassApp decidiu criar uma solução de comunicação digital para a escola, a grande preocupação era criar um espaço de relacionamento que mantivesse a qualidade da interação que existe na relação um a um, de uma reunião particular como a família. O desafio era manter a qualidade dessa relação nesse novo ambiente, de forma a fortalecer as relações humanas com o uso da tecnologia. E pelos relatos que nos chegam das escolas, penso que nós conseguimos”, explica Vahid Sherafat.

 

 

E na sua escola? Como a tecnologia vem sendo usada para auxiliar a educação? Compartilhe conosco suas experiências.

 

Gostou da nossa série sobre Tecnologia na Educação?

Clique nos links abaixo para ver e rever todos os artigos dessa série:

Tecnologia na educação: como ela pode alavancar sua escola?

O que é tecnologia na educação? Conheça os recursos que estão em alta nas escolas!

Como tirar benefícios da tecnologia na escola?

O papel do professor diante das novas tecnologias no processo educativo

Como usar a tecnologia nas diferentes etapas da educação?

Comentários