Aplicativos escolares: tudo que você precisa saber!
Comunicação e Marketing

Aplicativos escolares: tudo que você precisa saber!

5 min de leitura

Uma enorme quantidade de apps é lançada todos os anos para facilitar o dia a dia de instituições de ensino e complementar o trabalho feito em sala de aula. São apps de gestão, aprendizagem, comunicação, e até entretenimento com um grande efeito educativo.

E saber bem como unir educação e tecnologia da melhor forma é fundamental não só para manter alunos antigos, como para conseguir novas matrículas. Por isso, preparamos um conteúdo para te explicar tudo sobre aplicativos escolares! Confira.

Os benefícios dos aplicativos escolares

Paola Cicarelli, conselheira de Inovação na Associação Brasileira de Educação a Distância (ABED), nos deu dicas excelentes de apps que podem ajudar muitas instituições de ensino. Ela chama atenção para a importância de que professores utilizem em aula ferramentas que os alunos já usam no dia a dia, para mostrar como é possível aprender por meio delas e deixar a aprendizagem mais divertida. Um dos exemplos é o uso do YouTube, que possui vídeos, aulas e documentários interessantes que professores podem utilizar para ilustrar o que está sendo falado em aula. É sempre importante que eles ajudem os alunos a saberem identificar canais confiáveis para quando eles precisam/e querem aprender sozinhos.

 

Confira também:

Agenda escolar app: 3 coisas que você precisa saber sobre a ClassApp

 

Outra boa dica de app usado por jovens no dia a dia é o MINECRAFT, jogo super popular entre a garotada, que permite criar, empilhar e destruir blocos de montar e que pode ser utilizado por todos os professores, de matemática à história.

 

“É importante que os alunos e professores possam criar. Isso gera engajamento e autonomia”, ressalta Paola.

Outra dica bem bacana é o Ted, aplicativo da fundação americana com mesmo nome que organiza conferências sobre os mais variados assuntos. O TED possui mais de 2.000 palestras motivacionais e que ensinam muito para alunos e também professores. As palestras são divididas pelos temas mais variados e podem ser vistas online ou serem baixados para assistir off-line.

Mais aplicativos educativos

  • Screencastify.com –  um componente do Google Chrome fácil de usar para gravar e editar vídeos e a tela do computador.
  • Canva.com – ótima ferramenta para criação de conteúdo, desde posts para redes sociais às apresentações e vídeos. É possível gravar e editar vídeos por meio deste aplicativo.
  • Google Slides – encontrado dentro das ferramentas do Google. Funciona como o Power Point (Microsoft), mas é gratuito permite a colaboração de outras pessoas. 
  • Slidesgo.com -site com apresentações que já vêm prontas para usar, basta fazer uma cópia da apresentação para o Google Slides e alterar textos, fotos e gráficos.
  • Freepik.com – site de imagens e vídeos gratuitos que podem ser utilizados em suas criações, desde que você dê os créditos ou seja um assinante.

Apps de videoconferência gratuitos

  • Google Meets – fácil de usar, mas recentemente o Google limitou o tempo para apenas 60 minutos para reuniões com mais de 2 pessoas.
  • Zoom.com – o tempo das reuniões é limitado em 40 minutos, mas permite dividir os participantes em salas menores (breakout rooms), mesmo na versão gratuita.
  • Skype.com – não limita o tempo das reuniões e é possível gravar as aulas, mesmo na versão gratuita.

Apps para promover engajamento 

Para promover o engajamento durante as aulas síncronas ou em sala de aula, existem ferramentas bem interessantes, que servem inclusive para avaliar a aprendizagem:

  • Kahoot.com – aplicativo de quizzes (perguntas e respostas), onde é possível saber quem acertou em tempo real.
  • Mentimeter.com – aplicativo para fazer nuvens de palavras e ter feedbacks em tempo real dos alunos.
  • Google Drive – no Google Drive é possível encontrar ferramentas que são utilizadas online e é possível adicionar colaboradores, permitindo que os alunos colaborarem na construção de documentos.

Apps de organização 

  • Classroom.com – ferramenta do Google onde professores podem criar salas para disponibilizar conteúdo e atividades e os alunos podem fazer comentários e publicações no mural.
  • Cuboz.com – site que permite a organização de conteúdo e estudantes por módulos e turmas. Facilita a comunicação e gestão da aprendizagem, permitindo envio de comentários, posts e feedbacks.
  • Padlet.com – ferramenta que permite organizar conteúdo em apenas uma página de maneira visível e bastante simples. Pode ser utilizado pelo professor para organizar o conteúdo e pelos alunos para produção de trabalhos e projetos.

Apps para ensinar idiomas

  • Grammar Up:  ensina inglês na forma de Quiz, com mais de 1.800 questões disponíveis divididas em 20 categorias de gramática. 
  • Duolingo: app gratuito que disponibiliza custos de inglês, espanhol, alemão e francês de forma pratica, dinâmica e divertida. 

Apps de comunicação

E claro, não podemos falar de apps sem citar as agendas digitais, que foram desenhadas para ajudar a comunicação entre as famílias e a escola. O Classapp, por exemplo, foi criado para centralizar a comunicação entre pais, gestores e professores em um só lugar, substituindo a antiga agenda de papel por uma ferramenta muito mais dinâmica e completa. Entre as ferramentas do aplicativo estão:

  • Envio de mensagens instantâneas ou por agendamento, individuais ou coletivas
  • Envio de conteúdo para aprendizagem
  • Compartilhamento de fotos e vídeos
  • Criação de relatórios personalizados e coletivos
  • Autorizações digitais
  • Agenda
  • Confirmação de presença
  • Envio de cobranças e recibos de pagamento
  • Matrícula online
  • Enquetes

“No aplicativo nós conseguimos ter tudo documentado, toda a parte de enquetes, comunicados, rotinas de alunos. Nós não ganhamos somente em relação à sustentabilidade, em relação à economia de papel, mas também na questão do tempo”, diz Fernanda Nyari, diretora do Kinder Kampus School, escola usuária do aplicativo Classapp.

E você?  Conta para a gente quaus aplicativos escolares você usa na sua escola!

 

Confira também:

Ferramentas para educar em casa: 10 aplicativos para a educação infantil

Comentários