1 min de leitura

Em mais uma ação para convencer que o resultado da eleição é confiável, o TSE abriu, nesta segunda-feira, uma urna eletrônica em uma escola pública do Distrito Federal.

Foram divididas duas turmas de 150 alunos cada para tirar dúvidas com técnicos do Tribunal Superior Eleitoral sobre os mecanismos de segurança da urna e da contabilização dos votos. A conversa ocorreu em uma escola do Gama, a quase 40 quilômetros do centro de Brasília.

Os estudantes do terceiro ano do ensino médio Matheus Henrique, Elen Rodrigues e Maria Tereza, todos de 17 anos, gostaram da experiência e concluíram que o equipamento é confiável.

O chefe da seção de votos informatizados do TSE, Rodrigo Coimbra, argumentou que essa atividade deve combater as fake news, que são as notícias falsas.

Esta foi uma ação inédita da Justiça Eleitoral, que estuda repetir a medida em mais escolas e em todas as unidades da federação, a partir dos Tribunais Regionais.

São Paulo incentiva estudantes a tirarem título de eleitor

Na semana passada, a Secretaria da Educação do Estado de São Paulo lançou a campanha “Tire o Seu Título de Eleitor” para os estudantes da rede estadual. O objetivo é incentivar os jovens de 16 anos, idade em que o voto já é permitido, mas ainda não obrigatório, para participarem das eleições deste ano.

Fonte: Rádio Agência Nacional, com edição do Escolas Exponenciais
Foto: Arquivo Agência Brasil

Comentários