2 min de leitura

Pais e responsáveis dos alunos da Escola Estadual Cacilda Braule Pinto, no bairro Coroado, no Amazonas, agora podem receber uma mensagem avisando a hora que o filho e/ou a filha entrou na sala de aula. Essa é uma das funções que será disponibilizada por meio do projeto “Controle Inteligente de Frequência Escolar por Reconhecimento Facial”.

Um dos objetivos da iniciativa é otimizar o acompanhamento da frequência dos alunos no dia a dia escolar, tanto pelos responsáveis, quanto pela equipe docente. De acordo com a pedagoga Maria do Carmo Peres, a proposta auxiliará ainda no combate à evasão escolar.

“Acreditamos que vai ajudar significativamente, porque existe a questão de alternâncias de faltas, principalmente dos maiores, que se deslocam sós e muitas vezes não chegam na escola, os pais não têm como saber, e nós não temos como controlar. Eu tive o prazer de apresentar essa proposta para os pais, e eles gostaram muito”, afirma.

Sistema – Segundo Thays Almeida, que é analista de teste da empresa desenvolvedora, além da frequência e da temperatura, o reconhecimento facial também lê as emoções dos alunos, baseado nas expressões mostradas durante o registro.

“O sistema tem essas três características principais, que é o envio do SMS [mensagem de texto] ao responsável, a aferição de temperatura e leitura de emoções. Com isso, é possível acompanhar quais emoções foram mais registradas pelos alunos ao longo do mês e acompanhar, por exemplo, se ele apresenta um quadro de depressão, se está com algum problema em casa”, explica.

Atualmente, o projeto está em fase de finalização de cadastro dos estudantes e, após a conclusão, começará a funcionar com todos os recursos.

Fonte: Governo do Estado do Amazonas       
Foto: Carlos Soares/Secom

Comentários