1 min de leitura

Nova York vai exigir que os professores e funcionários de escolas públicas estejam vacinados até o início das aulas, que está marcado para setembro. A nova determinação foi anunciada nesta segunda-feira (23) pelo prefeito Bill de Blasio.

Anteriormente, os profissionais da educação tinham a opção de escolher se desejam se vacinar ou, então, se submeter semanalmente a testes que detectam o vírus. A previsão é de que 148 mil profissionais recebam ao menos a primeira dose do imunizante até o dia 27 de setembro. As aulas devem começar no dia 13.

Na semana passada, Nova York já havia determinado que os alunos da Liga Atlética das Escolas Públicas também precisavam ser vacinados. Blasio tem adotado diversas medidas para incentivar a vacinação da população. Há pouco tempo, restaurantes e academias passaram a pedir comprovantes de imunização dos clientes.

Comentários