5 min de leitura

Precisamos falar sobre o bullying! De acordo com o Programa Internacional de Avaliação de Estudantes (Pisa), um dos maiores estudos sobre educação no mundo, 29% dos estudantes brasileiros, na faixa dos 15 anos de idade, afirmaram sofrer esse tipo de violência, considerado atualmente um caso de saúde pública no país.

Hoje as escolas têm como grande desafio criar um ambiente saudável e seguro para todos os alunos. Nesse sentido, campanhas de combate ao bullying, como palestras e seminários, fazem-se necessárias. Mas abrir espaço para que os alunos possam refletir e discutir sobre o tema também é importante, e nada melhor do que exibir filmes sobre bullying nas aulas. 

Até a década de 70, o bullying não tinha um nome ou definição, mas já era retratado no cinema. O longa-metragem “Carrie, A Estranha”, por exemplo, foi lançado em 1976 e retrata a história de uma jovem impopular que foi humilhada no seu baile de formatura. 

Após ganhar um nome, o termo bullying, que em português significa “amedrontar”, passou a ser retratado como elemento principal nas telas, trazendo à tona uma problemática que envolve diversos atores: família, vítimas, agressores e escolas. 

Por ordem de lançamento, trouxemos abaixo os 7 melhores filmes sobre bullying.

#1- Você nem imagina (2020, classificação 12 anos)

Produzido pela Netflix, a comédia romântica “Você nem imagina” conta a história de Ellie Chu, uma adolescente talentosa que sofre bullying em função da sua origem chinesa. A principal forma de agressão está nos insultos verbais e olhares.

O filme também retrata com muita sensibilidade os dramas da adolescência e aborda temas importantes, como o primeiro amor e a descoberta da sexualidade, além de reforçar a importância da autoestima e da autoaceitação. 

#2- Extraordinário (2017, classificação 10 anos)

Extraordinário é uma adaptação do romance homônimo da escritora R. J. Palácio, que baseou-se em uma história pessoal: Raquel levou seu filho para tomar um sorvete e, ao se deparar com uma criança com Síndrome de Treacher Collins, com medo, ele caiu no choro.

Esse acontecimento ilustrou uma das cenas do filme, cujo personagem é Auggie Pullman, um garoto de apenas 10 anos que se insere pela primeira vez no ambiente escolar e precisa lidar com o bullying em função da sua condição. Prepare o lencinho, o filme é emocionante!

#3- Sete minutos depois da meia-noite (2016, classificação 12 anos)

Imagine lidar com uma mãe com câncer terminal, uma avó implicante e um pai ausente. É nesse cenário que vive Conor O’Malley, um garoto de 12 anos, que ainda sofre constantes humilhações dos colegas na escola.

Para escapar dessa realidade, Conor encontra refúgio no mundo da fantasia. Então, todos os dias, exatamente sete minutos após a meia-noite, ele recebe a visita de um bondoso monstro em forma de árvore, com que cria uma linda amizade e aprende a lidar com a dor.

#4- A Girl Like Her (2015, classificação 12 anos)

Aqui temos um filme forte, que mostra a necessidade de combate ao bullying de forma preventiva. A Girl Like Her mostra um típico ambiente escolar americano, com alunas populares e belas que intimidam outras garotas.

Mas essa intimidação ganha outras proporções até que uma das vítimas, Jessica Burns, tenta suicído ao tomar várias pílulas. O drama, no estilo documentário, mostra através de gravações a vida disfuncional da agressora e também ex-amiga da vítima. 

#5- As vantagens de ser invisível (2012, classificação 14 anos)

Dando continuidade à lista de filmes sobre bullying, As vantagens de ser invisível narra a trajetória de Logan, um adolescente que se sente sozinho na nova escola e, ao mesmo tempo, precisa lidar com a ansiedade e a depressão.

Na busca por novos amigos, Logan encontra os irmãos Patrick e Sam que, assim como ele, se sentiam deslocados. Além do bullying, o filme mostra a importância de se buscar apoio para lidar com transtornos psicológicos. 

#6- Bullying (2012, classificação 13 anos)

O documentário Bullying mostra cinco casos emblemáticos de crianças e adolescentes vítimas de violência física e psicológica na escola. O primeiro caso é um relato de David Long, pai do jovem Tyler Long, que cometeu suicidiu por conta do assédio na escola.

Todas as histórias são chocantes e comoventes, mas fizeram com que o documentário cumprisse bem seu objetivo que é o de alertar a sociedade sobre as raízes e graves consequências do bullying.

#7- Meninas Malvadas (2004, classificação 12 anos)

O clássico da Sessão da Tarde, Meninas Malvadas, vai muito além de uma trama de humor. Assim como em Girl Like Her, as meninas mais populares da escola se aproveitam para zombar das características e comportamentos de outros alunos.

Mas ao longo da história, uma das vítimas, Cady, percebe que o bullying praticado pelas outras garotas é resultado da própria insegurança delas. Uma das lições deixadas pelo filme é que o respeito e a sororidade são bens valiosos. 

Confira também:
Ferramentas para educar em casa: 10 aplicativos para a educação infantil

 

Comentários