1 min de leitura

Após aquisições nos ensinos superior, médio e fundamental, o grupo chinelo Vitamina chega ao Brasil com foco no ensino infantil. Desde 2020, a rede fez a compra de 29 escolas de São Paulo, que prestam atendimento para crianças de até 5 anos, e agora, segundo especulações, o número deve chegar em 40 instituições de ensino nas próximas semanas.

A oportunidade de negócios da companhia foi impulsionada pela pandemia, uma vez que muitas escolas de educação infantil foram afetadas financeiramente, já que sem a obrigatoriedade de matrícula para crianças de até 4 anos, diversas famílias tiraram os filhos das instituições.

Atualmente, Vitamina tem 65 centros de educação no Chile, sendo que alguns locais funcionam 24h por dia, sete dias por semana. O grupo já soma 15 anos de atuação no mercado.

A princípio, as escolas adquiridas continuarão com o nome de origem e manterão o quadro de funcionários. O grupo não informou o valor das negociações e nem quanto pretende investir no Brasil.

Comentários