1 min de leitura

“É só uma picadinha”. Foi assim que a primeira criança a receber uma dose da Coronavac descreveu a imunização. Caetano de Jesus Martins Moreira Graça, de 9 anos, é estudante da Escola Estadual Brigadeiro Faria Lima, localizada em São Paulo, e foi vacinado na própria instituição de ensino.

Caetano foi vacinado nesta quinta-feira (20), poucas horas depois que ocorreu a liberação da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) para o uso da CoronaVac em crianças e adolescentes de 6 a 17 anos. Além de garoto, a expectativa era que outros 99 alunos da unidade também fossem imunizados.

O Instituto Butantan tem 15 milhões de doses da vacina prontas, disponíveis, refrigeradas para iniciar a imunização. Desse total, 12 milhões foram reservadas pelo Governo do Estado para aplicação em crianças. O esquema vacinal para as crianças que tomarem a Coronavac será o mesmo do recomendado para os adultos: duas doses aplicadas em um intervalo de 28 dias.

Comentários