1 min de leitura

O governo do Rio Grande do Sul publicou um decreto no último sábado (26) retirando o uso obrigatório de máscara para crianças menores de 12 anos. De acordo com a nova regra, agora a utilização do equipamento de proteção passa a ser apenas recomendado para crianças de 6 a 11 anos, porém não será exigido.

O parecer técnico foi assinado pelo Centro Estadual de Vigilância em Saúde (Cevs), da Secretaria Estadual da Saúde (SES). Segundo o documento, para os pequenos que moram com pessoas de risco para a doença recomenda-se a utilização de máscara.

Uma lei federal publicada em 6 de fevereiro de 2020 obriga o uso de máscara para crianças maiores de 3 anos. Porém, o Centro Estadual de Vigilância em Saúde diz que a medida não está atualizada. O órgão também reforçou a importância da vacinação para a não disseminação do vírus.

Em um comunicado, o governo informou ainda que cerca de 40% do público infantil, entre 5e 11 anos, já foi vacinado contra o coronavírus desde o início da imunização para essa faixa etária no estado. 

Escola

Com a publicação do decreto, o Colégio Evangélico Alberto Torres (Ceat), de Lajeado, cominou neste domingo (27) que as famílias dos alunos que tenham até 11 anos podem optar pela utilização ou não da máscara para as crianças dentro do ambiente escolar. Já os estudantes acima de 12 anos deverão manter obrigatoriamente o uso.

 

Comentários