1 min de leitura

A Secretaria da Educação do Estado de São Paulo (Seduc-SP) abriu o processo de adesão para a primeira Avaliação de Fluência Leitora 2021. As redes municipais de ensino já podem confirmar participação no processo, voltado aos estudantes do 2º ano do ensino fundamental. As cidades interessadas devem fazer o cadastro no portal da Secretaria Escolar Digital (SED), no menu Avaliação de Fluência 2021 – Redes Municipais, até 15 de setembro.

A avaliação, que será realizada presencialmente entre 4 e 22 de outubro, visa analisar o desempenho individual na leitura e compreensão de textos escritos para diagnosticar eventuais lacunas no processo de alfabetização durante o período de pandemia. Na prática, o exercício proposto poderá verificar a capacidade, fluidez e ritmo do estudante de ler palavras, pseudopalavras e textos voltados à etapa escolar. 

Para participar da ação, os professores vão gravar a leitura pelo celular, pelo aplicativo exclusivo do CAEd (Centro de Políticas Públicas e Avaliação da Educação), que também disponibilizará os cadernos de provas para impressão. Na sequência, os áudios serão avaliados para apresentar um diagnóstico preciso sobre o perfil leitor dos estudantes. 

O processo poderá ser realizado por qualquer educador do ensino fundamental ou demais profissionais pedagógicos disponíveis na escola. Todos os envolvidos – coordenadores, gestores escolares e professores aplicadores – deverão, obrigatoriamente, participar de capacitação oferecida pela Escola de Formação e Aperfeiçoamento dos Profissionais da Educação do Estado de São Paulo (Efape), via Centro de Mídias São Paulo (CMSP).

Comentários