2 min de leitura

“O papel do professor na educação contemporânea” foi o tema principal da edição do Conecta Escolas Exponenciais, maior evento on-line de educação da América Latina, realizado na tarde desta quinta-feira (29). O vice-diretor do Colégio Humboldt, Erik Hörner, e a diretora Camino School e cofundadora da Camino Education e da Cloe, Leticia Lyle, foram os convidados para participar do ‘Painel Especial: bate papo com gestores escolares’ e falaram sobre as boas práticas que as escolas podem adotar para motivar o trabalho dos professores.

Na primeira parte do encontro, Leticia pontuou que ao longo dos últimos anos os educadores precisaram mudar a forma como interagem na sala de aula e, com a pandemia, todos sentiram a necessidade de se adaptar ao novo. “Os professores sentiram a mudança nos últimos tempos e perceberam que ele também está lá, aprendendo como professor, buscando metodologias que façam sentido. Foi preciso entender como se faz a didática participativa e a metodologia criativa, sendo que nós não aprendemos isso e não tivemos faculdades que lidavam com isso”, explica.

Motivação
Na Camino School, a diretora Leticia Lyle afirma que os professores buscam manter uma constante conexão com os alunos. “Os professores são curiosos sobre o estudante e sobre sua família. Olham para o desenvolvimento do indivíduo, com um olhar cuidadoso. São professores abertos para o diálogo”, afirma.

Para conseguir manter os educadores motivados, Leticia conta que busca mantê-los constantemente capacitados, proporcionando vivências e trocas educacionais com outros profissionais. “Hoje com as formações online é possível se conectar com professores do mundo todo. Há estudos de casos da rede pública, rede particular, de diversos lugares. É possível conhecer uma experiência da África do Sul, do nordeste, fazer a tradução e ver como isso se encaixa no nosso dia a dia”, explica.

Já no Colégio Humboldt, o vice-diretor Erik Hörner ressalta que a instituição aposta na formação continuada, com o objetivo de manter os professores estimulados e alinhados. “Proximidade entre aluno e professor é marca do colégio. No retorno do distanciamento social, quando voltou presencial, foi mais perceptível ainda. As crianças estavam imensamente felizes em encontrar seus professores”, lembra.

Ainda de acordo com Hörner, o colégio busca manter um ambiente de troca de experiência e aprendizado entre os docentes e levando convidados para promover capacitações com a equipe. O bate papo com os gestores está disponível no YouTube.

Comentários