1 min de leitura

A partir desta segunda-feira (2), aproximadamente 3,5 milhões de alunos da rede estadual de ensino de São Paulo voltam às aulas. A nova fase é marcada pela ampliação da capacidade de atendimento das escolas.

Agora, os colégios localizados em municípios onde há autorização para o funcionamento presencial, passarão a atender os estudantes nas escolas, de acordo com sua capacidade física, e não mais apenas seguindo a porcentagem de ocupação indicada no Plano SP, respeitando o distanciamento mínimo de 1 metro entre as pessoas. O ano letivo se encerra em 23 de dezembro para toda a rede.

Entretanto, caso a escola não tenha capacidade física para atender 100% dos alunos diariamente, dentro do distanciamento proposto, a unidade terá autonomia para definir a melhor forma de revezamento dos estudantes.

O uso de máscaras continua obrigatório dentro das instituições de ensino. Entre os protocolos exigidos está a higienização frequente das mãos com água e sabão ou álcool em gel 70%, além de manter os ambientes arejados com portas e janelas abertas.

Comentários