1 min de leitura

Com a impossibilidade de aulas presenciais no início da pandemia, o estudo remoto se tornou uma alternativa e fez com que a busca por cursos nessa modalidade aumentasse 50% no Brasil. Tendência constatada pelo Censo da Educação à Distância, feito pela Associação Brasileira de Educação à Distância (ABED) e publicado em junho de 2021. O crescimento na procura por cursos on-line evidenciou não só a importância da tecnologia para o setor educacional, mas também trouxe alternativas para o atual formato de educação remota.

Nesse cenário, iniciativas de capacitação profissional ganharam importância para o aumento da inclusão digital. Como o projeto Trilha Digital que, ao longo de 2021, alcançou 22 mil pessoas e garantiu a emissão de mais de 500 certificados em 21 palestras inéditas sobre carreira, tecnologia e sustentabilidade. A iniciativa é do Instituto das Cidades Inteligentes (ICI), em parceria com a Associação dos Deficientes Físicos do Paraná (ADFP). O projeto está alinhado aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Organização das Nações Unidas (ONU) e, no ano passado, recebeu menção honrosa no Congresso Sesi ODS 2021 na categoria Organização da Sociedade Civil Municipal.

*Com informações do Instituto das Cidades Inteligentes

Comentários