1 min de leitura

A cidade de Nova York conseguiu manter a ordem para que os professores e os funcionários da educação sejam vacinados. A medida é fruto de uma vitória em um tribunal federal de apelações.  Na semana passada, as escolas foram temporariamente impedidas de exigir a vacinação dos profissionais da educação.

Anteriormente, o prefeito Bill de Blasio tinha solicitado que todos os trabalhadores do sistema educacional dos Estados Unidos recebessem ao menos uma dose de vacina até 27 de setembro. De acordo com o sindicato, a maioria dos funcionários cumpriu a exigência, sendo que 97% dos diretores das escolas e 95% dos educadores foram vacinados.

Entretanto, os educadores que não aceitaram a imunização realizaram protestos na noite de segunda-feira, pois são contra a exigência da vacinação.

Comentários