1 min de leitura

A Prefeitura de São Paulo assinou um Acordo de Cooperação com a Fundação Lemann para execução do Programa de Conectividade de Escolas da Prefeitura de São Paulo. Até 2023, o governo municipal quer viabilizar que todas as unidades escolares da rede tenham internet com qualidade de padrões internacionais, garantindo que todos os alunos possam fazer uso da tecnologia nas escolas públicas.

A administração pública realizou a aquisição de 465 mil tablets para estudantes de 540 escolas do ensino fundamental e mais 40 mil para estudantes da educação infantil praticarem atividades em salas de aula e nos laboratórios. Também foram distribuídos nas unidades educacionais 48 mil notebooks direcionados aos professores.

O Programa de Conectividade de Escolas ampliará as possibilidades de ensino e aprendizagem dentro da sala de aula, permitindo o uso de melhores recursos educacionais digitais, de ferramentas que visem reduzir as defasagens de aprendizado – que foram acentuadas ao longo da pandemia -, e das mais inovadoras plataformas formativas e avaliativas.

De acordo com a assessoria de imprensa da fundação, o projeto prevê a realização de um diagnóstico da qualidade da internet recebida por cada unidade escolar por meio da instalação do Medidor Educação Conectada, software gratuito desenvolvido pelo NIC-br em parceria com o MEC; o upgrade da velocidade contratada, para garantir internet apropriada para o uso pedagógico; e a compra de equipamentos de infraestrutura de internet e de conectividade que forem necessários para a efetividade do programa. O monitoramento da iniciativa será publicizado pelos dados do Medidor Educação Conectada.

*Com informações da Fundação Lemann

Comentários