1 min de leitura

A Secretaria da Educação, Juventude e Esportes do Tocantins decidiu reformular o calendário letivo de 2022 para garantir o acesso seguro dos estudantes às salas de aula.

Essa mudança atende a solicitação dos gestores municipais levando em consideração a situação das estradas vicinais do estado que estão sendo afetadas pelas enchentes, que é por onde passa o transporte escolar rural, bem como a preocupação com o avanço na transmissão da covid-19 e da influenza H3N2 no Tocantins.

O objetivo da paz é garantir que todos os alunos sejam da rede estadual ou das redes municipais tenham acesso igualitário à educação.

No novo calendário as aulas que estavam previstas para terem início no dia primeiro de fevereiro vão iniciar no dia 14 de forma presencial. Mesmo com a mudança continuam garantidos os 200 dias letivos e continua preservado o período de férias no mês de julho, como já é uma tradição no estado, assim como os feriados. Os nove dias letivos que estavam previstos no calendário anterior foram redes ao longo do ano letivo possibilitando o cumprimento da lei e não gerando prejuízos educacionais para os estudantes.

Fonte: Rádio Agência Nacional

Comentários