Educação e Tecnologia: dicas de uma especialista em Inovação
Inovação e Gestão

Educação e Tecnologia: dicas de uma especialista em Inovação

4 min de leitura

Quem já não se perguntou: “como a gente fazia antes do Whatsapp, do Waze, do Uber?” Tudo era bem mais demorado, complicado e desconectado, com certeza. No universo da educação, também existem aplicativos que estão ajudando muito o dia a dia da comunidade escolar, seja em termos de educação, gestão, comunicação e principalmente motivação dos alunos, nativos digitais! 

“Minha avó tem 87 anos e utiliza o Google, Whatsapp, Facebook e Instagram. Então, como podemos aceitar que escolas, ainda hoje, não consigam encontrar maneiras efetivas para a utilização de tecnologias, quando estas são tão presentes na vida de todos?” A pergunta provocativa é da especialista Paola Cicarelli, Conselheira de Inovação na Associação Brasileira de Educação a Distância (ABED). 

O isolamento social só evidenciou o que há tempos vêm se falando. Educadores, estudantes e familiares puderam perceber as dificuldades que as escolas estão passando para se adaptar aos padrões atuais de comportamento da sociedade, que significa, apenas, saber utilizar e se comunicar por meio de ferramentas tecnológicas. Isso, para a sociedade atual, é o básico”, diz Paola que é Consultora Estratégica de Inovação na Educação e Fundadora e Diretora Executiva da Cuboz, uma plataforma de EaD para comunidades de aprendizagem online e híbrida, que organiza aulas virtuais de forma gratuita. 

 

Confira também:

Passado, presente e futuro: os enredos do ensino híbrido

 

Invista na tecnologia na educação com planejamento 

Segundo Paola, muitos estudantes e professores ainda se sentem frustrados com a maneira como a aprendizagem acontece hoje. Ela diz que a evasão está aumentando e que é cada vez mais difícil manter o interesse dos alunos. Diante disso, a especialista em Inovação atenta para a necessidade de uma mudança imediata.

“A motivação dos professores, o engajamento dos alunos, os elogios dos familiares e o brilho nos olhos de todos muda quando a escola decide se atualizar em termos de tecnologia. Muitos gestores, que, no início, são bastante céticos, após um ou dois meses, ficam encantados com os resultados. A mudança pode parecer difícil, mas, na verdade, é mais simples do que imaginamos.“

Mas a mudança, segundo Paola, não pode ser feita de forma radical da noite para o dia. Segundo ela, a maior parte das escolas que tentaram fazer isso de forma abrupta não conseguiram.

“Eu sempre recomendo que a escola comece aos poucos, como puder, utilizando o que já tem. O ponto mais importante é entender que a mudança é possível e necessária. Isso deve ser entendido por todos: gestores, professores, alunos e família.”

Vale ressaltar que mudar inclui desde utilizar vídeos em salas de aula para ilustrar de maneira lúdica equações e fenômenos abstratos, até estratégias completas de aprendizagem baseada em projetos. Claro que tudo isso pode ser feito com a ajuda de aplicativos, que vem se mostrando uma excelente maneira de melhorar o ensino, atrair os alunos e fidelizar pais.

Quais as melhores soluções? 

Para Paola, com sua toda sua experiência, as melhores soluções tecnológicas para uma escola são aquelas que os professores e alunos querem usar. “Não adianta investir uma fortuna em ferramentas que ninguém gosta de usar. As ferramentas devem ser simples, intuitivas e atender aos objetivos finais. Faça testes, dê liberdade de escolha e esteja aberto a sugestões.” 

Ela explica que existem muitos aplicativos que são bastante específicos e cada situação pode pedir um aplicativo diferente, mas que é muito importante organizar as ferramentas utilizadas em um ambiente único, onde todos tenham fácil acesso. “Isso facilita a gestão e evita o envio de informações soltas, o que acaba gerando confusão,” completa.

Gostou das dicas para implementar tecnologia na educação? Clica no link e conheça as dicas da Paola e muito mais sobre apps que podem ajudar muito sua gestão, educação e comunicação! 

 

Confira também:

Machine Learning: a importância do Aprendizado de Máquina na Educação

Comentários